segunda-feira, 23 de abril de 2012

O Leilão




A vida é dura,
E o pão é duro para os dentes abstratos
Mas “eles” lhes darão próteses
Para morder os ossos do futuro.
A fome é grande
A corrupção é maior
E a necessidade apaga qualquer senso crítico.

O pão é duro
A vida é dura
E os olhos são cegos
Mas “eles” lhes darão óculos para verem o mundo
E não a realidade

A política é suja
O mundo uma ameaça
Mas a festa e a cachaça
          É toda de graça.
“eles” alimentam os vícios
E não alimentam a fome.
O feijão está caro
Mas a cerveja está em promoção,
E o voto senhores, está em pauta no leilão.


Lima de Vasconcelos

4 comentários:

  1. Excelente meu primo. Parabéns pela crítica!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado primo, essa situação em que se encontra a educação do nosso Piauí é inadmissível, por isso o titulo eu sou contra os inimigos da educação

    ResponderExcluir
  3. Muitos de nós as vezes fingimos não ser o inimigo quando nos atrelamos a hipocrisia que facilita nossa vida.Então sua poesia nos faz meditar "ser ou não ser"...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo comentário e pela visita ao blog as flores do mal, Maria Aira

      Excluir