quinta-feira, 24 de abril de 2014

ema sem po


Pele sem “p”
Fica ele
ele com “t”
Fica tele.
Sapato sem sapa
Fica “to”
“to” sem “o” fica “t”
“t” com ele
Fica tele
E tele sem Lily
Fica sozinho.

Democracia sem demo
Fica cracia
cracia sem cr
Fica quase azia,
E remédio para azia
É antiácido com água fria.

A vida sem tristeza
Fica mentirosa e sem beleza
Beijo sem sacanagem,
Fica sem graça e vira bobagem
O mundo sem poesia
Fica tristonho e sem alegria

Ricardo sem ela
Fica sozinho como tele
Um homem sem sua paixão
Fica se matando com as próprias mãos.

E a política sem deslealdade
Fica agendada para o dia
De são nunca de tarde.

Lima de Vasconcelos

Nenhum comentário:

Postar um comentário